Dicas, Saúde

Obesidade Infantil. Cuidado com os anúncios da TV infantil.

Obesidade infantil

Atenção pais

Nosso colunista Dr Cesar Marra @drcesarmarra alerta sobre o cuidados que os pais devem ter com os anúncios veiculados em canais infantis.

Antes de mais nada  é importante salientar que uma criança ou adolescente obeso tem grande risco de ser um adulto obeso. Portanto, pais ou responsáveis devem estar atentos ao desenvolvimento saudável de seus filhos.

Observa-se que as crianças assistem mais de 1.000 anúncios de TV por ano de alimentos não saudáveis, apesar dos esforços para restringir este tipo de publicidade.

Estudo constata que o canal infantil Nickelodeon mostrou que 65% dos anúncios são alimentos não saudáveis.

Dados mostraram que 65% dos anúncios foram de doces, cereais açucarados, e outros alimentos de qualidade nutricional pobre, de acordo com nova pesquisa publicada pelo Centro para a Ciência.

Em 2005, 88% dos anúncios de alimentos na Nickelodeon eram para alimentos não saudáveis. Essa porcentagem caiu modestamente para 78% em 2008 e, em seguida, para 69% em 2012 e 65% em 2015.

Segundo os pesquisadores, o canal Nickelodeon está falhando com seus telespectadores e pais ao recusar a adotar padrões de nutrição razoáveis para garantir que sua publicidade não prejudicar a saúde das crianças”, disse CSPI vice-diretor de política de nutrição Jessica Almy.

Dados de outro estudo utilizando Broadcasting Authority da Irlanda  mostram que as crianças têm uma compreensão muito clara de que frutas e legumes são saudáveis, mas eles são muito menos claros sobre o que não é saudável, por exemplo, a maioria acredita que nuggets e batatas fritas são alimentos saudáveis.

Outro interessante estudo realizado por pesquisadores de pediatria na Universidade de Buffalo apresentado na Obesity Week 2014 em Boston demonstrou que a crianças de 4 anos de idade já tinham hábitos alimentares saudáveis  quando os pais incentivam as crianças a se auto-controlarem seus comportamentos desde os 2 anos de idade. Dados do estudo mostraram que o refrigerante foi o que elas mais consumiram quando os pais não colocavam as regras alimentares aos filhos.

 

obesidade infantil 02

O estudo revelou que ao se colocar uma regra dos pais para as crianças sobre quais os tipos de alimentos eram saudáveis e não-saudáveis teve um impacto enorme na aquisição de hábitos futuros alimentares dessas crianças.

Uma criança comer um doce ou outra guloseima não tem problema. O que não pode é ser uma rotina e todos os dias a criança se alimentar não saudavelmente.

Cuidado, a influência visual na mídia tem mensagens subliminares que convencem a pessoa a consumir o alimento divulgado.

É de fundamental importância, a CONSCIENTIZAÇÃO dos pais para a prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável na infância e adolescência. Eles vão te agradecer no futuro.

Dr Cesar Marra.

Siga no Instagram @drcesarmarra

Doutor em saúde coletiva/obesidade
Consultor Técnico @30tododia
Email: profcesarmarra@gmail.com
Pioneiro no estudo de HIIT no Brasil.
Post AnteriorPróximo Artigo
Doutor em saúde coletiva/obesidade Consultor Técnico @30tododia Email: profcesarmarra@gmail.com Pioneiro no estudo de HIIT no Brasil.