Dicas

Obesidade Infantil, protejam seus pequenos

Obesidade infantil

Perigo do desenvolvimento da obesidade infantil por Dr. Cesar Marra.

A obesidade está aparecendo com idades cada vez menores em todo o mundo, com 1 em cada 4 crianças da escola primária com sobrepeso ou obesidade, enquanto que impressionantemente mais de 50% adultos estão com sobrepeso em vários países do mundo.

E é importantíssimo relatar que adultos que foram crianças/adolescentes com excesso de peso tem uma dificuldade muito maior em manter a gordura corporal em níveis baixos. 

Obesidade pode ser:

  1. ou pelo AUMENTO DO TAMANHO das células de gordura (adipócitos) já existentes;
  2. ou pelo AUMENTO DO NÚMERO dessas células de gordura
  3. ambas.

O aumento apenas do TAMANHO dessas células ocorre ao longo de toda a vida basicamente em função do saldo calórico positivo, ou seja, quando o gasto é menor do que a ingesta.

Já o aumento do NÚMERO ocorre em 3 principais momentos:

  1. nos primeiros anos de vida;
  2. na adolescência
  3. nos últimos três meses de gravidez.

Atenção:

Quem foi uma criança/ ou adolescente obeso e é um adulto obeso teve uma multiplicação das células de gordura.

E com os exercícios e dietas, eles conseguem APENAS REDUZIR o tamanho das células de gordura mas não conseguem diminuir o número dessas células já existentes. Por isso que, quando interrompem os exercícios e dietas RECUPERAM rapidamente a gordura corporal, pois a grande quantidade de células de gordura já existentes aumentam de TAMANHO novamente. Dessa forma, esses indivíduos adultos que foram obesos na infância/adolescência devem ter uma PREOCUPAÇÃO muito maior em relação à manutenção do programa de reeducação alimentar e exercícios físicos.

Voltando ao assunto da obesidade cada vez mais precoce, observa-se que as crianças assistem mais de 1.000 anúncios de TV por ano de alimentos não saudáveis, apesar dos esforços para restringir este tipo de publicidade.

Dados de um estudo utilizando Broadcasting Authority da Irlanda  mostram que as crianças têm uma compreensão muito clara de que frutas e legumes são saudáveis, mas eles são muito menos claros sobre o que não é saudável, por exemplo, a maioria acredita que nuggets e batatas fritas são alimentos saudáveis.

 

obesidade infantil

 

Outro interessante estudo realizado por pesquisadores de pediatria na Universidade de Buffalo apresentado na Obesity Week 2014 em Boston demonstrou que a crianças de 4 anos de idade já tinham hábitos alimentares saudáveis  quando os pais incentivam as crianças a se auto-controlarem seus comportamentos desde os 2 anos de idade. Dados do estudo mostraram que o refrigerante foi o que elas mais consumiram quando os pais não colocavam as regras alimentares aos filhos. O estudo revelou que ao se colocar uma regra dos pais para as crianças sobre quais os tipos de alimentos eram saudáveis e não-saudáveis teve um impacto enorme na aquisição de hábitos futuros alimentares dessas crianças.

Uma criança comer um doce ou outra guloseima não tem problema. O que não pode é ser uma rotina e todos os dias a criança se alimentar não saudavelmente.

É de fundamental importância, a CONSCIENTIZAÇÃO dos pais para a prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável na infância e adolescência. Eles vão te agradecer no futuro.

Dr César Marra

Compartilhe nas suas redes sociais. 

Doutor em saúde coletiva/obesidade
Consultor Técnico @30tododia
Email: profcesarmarra@gmail.com
Pioneiro no estudo de HIIT no Brasil.
Post AnteriorPróximo Artigo
Doutor em saúde coletiva/obesidade Consultor Técnico @30tododia Email: profcesarmarra@gmail.com Pioneiro no estudo de HIIT no Brasil.