Dicas

O cigarro é responsável por 6 milhões de mortes por ano. O exercício pode ser a salvação.

Você já fumou ou conhece alguém que fuma?

Entenda como o exercício pode ser a salvação para o cigarro.

Nosso colunista @drcesarmarra esclarece essa questão.

O cigarro (tabagismo) é um dos principais fatores de risco para as doenças crônicas não transmissíveis, sendo responsável por cerca de 6 milhões de mortes ao ano. Estudos projetam que em 2020, esse número será de 7,5 milhões, ou seja, 10% de todas as mortes ocorridas no mundo.

O fumo produzido pelo consumo do tabaco contém mais de quatro mil compostos químicos com efeitos tóxicos, como por exemplo, o alcatrão e o monóxido de carbono, que são altamente nocivos ao organismo.

Estudos apontam uma relação de causalidade entre o cigarro (tabagismo) e cerca de 50 doenças, das quais se destacam as cardiovasculares, respiratórias e cânceres.

Pesquisas ainda mostram que a expectativa de vida de fumantes é diminuída, sendo em torno de 10 anos menor do que os não fumantes.

80% dos fumantes desejam para de fumar, entretanto somente entre 2% e 4% dos fumantes que desejam parar de fumar tem êxito.

Existem diversas estratégias para o auxílio dos fumantes na cessação da dependência do tabagismo. Entre elas estão a reposição da nicotina através de adesivos colados na pele, gomas de mascar, uso de medicamentos e na busca de profissionais da área da saúde.

Qual o papel do exercício físico?

Embora diversas pesquisas tenham mostrado uma relação inversa entre o tabagismo e os níveis de atividade física, poucos estudos têm mostrado a atividade física como uma estratégia interessante na cessação do tabagismo.

A atividade física parece ter efeitos similares ao de hábito de fumar do ponto de vista dos processos fisiológicos, principalmente na estimulação do sistema nervoso central.

O que não está claro ainda é o tamanho desse efeito diante das diferentes modalidades de exercício físico. Entretanto, estudos mostram que breves períodos de atividade já contribuem para reduções significativas no desejo de fumar.

Conclusão:

Uma das terapias para o combate ao tabagismo é a prática de exercício físico, pois ajuda a aliviar os sintomas de abstinência, além de evitar o ganho de peso. E ainda favorece a saúde, bem-estar e humor do fumante.

Então que tal iniciar a se exercitar e parar de fumar?? Pense nisso…

Um abraço e até a próxima.

Siga no Instagram @drcesarmarra

Leia: O segredo do treinadores de corrida para correr melhor. 

Referências:
– American Thoracic Society. Cigarette smoking and health. Am J Resp Crit Care Med 1996;153:861-5
– Boutelle KN et al. Associations between exercise and health behaviors in a community sample of working adults. Preventive Medicine 2000;30:217–24.
-Boyle RG et al. Health behaviors of smokers, ex-smokers, and never smokers in an HMO. Preventive Medicine 2000;31:177–82.
– Centers for Disease Control and Prevention. Cigarette smoking-atributable mortality and years of potential life lost, United States. MMWR 1990;42:645-9.
– Prochaska JJ et al. Physical activity as a strategy for maintaining tobacco abstinence: a randomized trial. Prev Med. 2008 Aug;47(2):215-20. Epub 2008 May 16.
– Russell PO et al. Effects of acute exercise and cigarette smoking on autonomic and neuromuscular responses to a cognitive stressor. Psychological Reports 1983;53:199–206.
– Takemura Y et al. A cross-sectional study on the relationship between leisure or recreational physical activity and coronary risk factors. Tohoku Journal of Experimental Medicine 2000;192:227–37.
– Van Rensburg KJ et al. Acute exercise modulates cigarette cravings and brain activation in response to smoking-related images: an fMRI study. Psychopharmacology (2009) 203:589–598.
– Ward KD et al. Characteristics of highly physically active smokers in a population of young adult military recruits. Addictive Behaviors 2003;28:1405–18.

Doutor em saúde coletiva/obesidade
Consultor Técnico @30tododia
Email: profcesarmarra@gmail.com
Pioneiro no estudo de HIIT no Brasil.
Post AnteriorPróximo Artigo
Doutor em saúde coletiva/obesidade Consultor Técnico @30tododia Email: profcesarmarra@gmail.com Pioneiro no estudo de HIIT no Brasil.