Pergunte ao Nutricionista

Qual Whey Protein devo tomar: Concentrado, hidrolisado ou isolado?

Whey Protein: Concentrado, Hidrolisado ou Isolado

Entenda a diferença entre os Whey Protein

A proteína do soro do leite (whey protein) é um dos suplementos proteicos mais consumidos por praticantes de atividades e exercícios físicos.

Ela possui alto valor biológico (aqueles que contêm todos os aminoácidos essenciais relacionados à necessidade do organismo) incluindo leucina, isoleucina e valina (BCAA).

Os estudos atuais mostram que realmente ela tem efeito na síntese proteica, ou seja, ganho de massa muscular. Sendo assim pode se tornar uma estratégia para aqueles que pretendem uma hipertrofia muscular.

Quem já não se deparou com a seguinte situação:

Entrou em uma loja de suplementos mostrando interesse pelo whey protein e o vendedor começou a mostrar uma dezena de potes dos mais variados tipos (concentrado, hidrolisado, isolado) e dos mais diversos valores, sem contar com a explicação do efeito de cada um?

O objetivo desse texto é mostrar realmente o que é cada um deles (concentrado, hidrolisado e isolado) e se realmente faz diferença consumi-los com o objetivo final de ganho de massa magra (músculos).

Qual a diferença entre o whey protein concentrado, isolado e hidrolizado

  • Whey Protein Concentrado:

No seu processo de fabricação as proteínas do soro do leite são concentradas (35 a 80%). O restante é formado por outros substratos como a lactose, carboidratos e lipídeos.

  • Whey Protein Isolado:

Essa proteína passa por vários processos de purificação, ficando livre de lactose e dependendo de quantas vezes foi processada também livre de carboidrato e gorduras. Possui assim mais de 90% de proteína.

  • Whey Protein Hidrolisado:

Ela pode ser concentrada ou isolada. O resultado final é a hidrolise (quebra) em partículas menores para uma possível melhor absorção, e consequentemente um melhor efeito de anabolismo proteico.

 

whey protein

 

Será então que o whey protein isolado é melhor quando o objetivo é ganho de massa muscular?

A resposta é NÃO.

Para que ocorra a síntese proteica e ganho de massa magra deve ser ingerido 0,25g a 0,3g/kg de peso corporal de proteína (exemplo: pessoa de 70 kg deve ingerir 21g). Esse seria o limite máximo para que ocorra essa síntese. Doses acima desses valores não resultam em melhores resultados, exceto em idosos em que a dose deve ser em torno de 40g.

Se essa dose de proteína está sendo fornecida pelo whey protein concentrado ou isolado, isso pouco importa. O que importa é a dose, para que se possa ter a ativação das vias de sinalização de síntese proteica.

O whey protein hidrolisado e sua promessa de melhores ganhos com suas propriedades de melhor digestão e melhor absorção não se sustentam. O whey protein já é uma proteína muito bem digerida e absorvida e não é necessária passar por esse processo de quebra (hidrolise).

Opinião do especialista:

Quando seu objetivo for somente ganho de massa muscular, sua escolha no momento deve ser pelo whey protein concentrado, pois lhe dará as mesmas propriedades das proteínas, porém com custo bem menor que o whey protein isolado e concentrado.

Se seu objetivo for melhorar seu aporte proteico e perder massa gorda, o whey protein isolado pode ser uma boa sugestão, pelo baixo teor de carboidratos e gorduras nele contidas.

De qualquer maneira sempre consulte um profissional especializado para que possa esclarecer suas dúvidas.

Siga no Instagram Dr. @walterrosamilia 

Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia
Professor de Educação Física – UFRJ
Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística.
Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional

Email: marcellopaiva@30tododia.com.br

Post AnteriorPróximo Artigo
Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia Professor de Educação Física - UFRJ Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística. Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional Email: marcellopaiva@30tododia.com.br