Pergunte ao Nutricionista

Dieta Paleolítica: O que é, para que serve e como fazer?

Dieta paleolítica

O que é, para que serve e como fazer?

Podemos afirmar que o período paleolítico compreende aquele vivido antes da agricultura. Neste período existiam várias comunidades e cada uma em seus continentes e com hábitos culturais diferentes, inclusive alimentares.

Isso significa que existem várias dietas paleolíticas e não somente uma dieta ‘engessada’. Porém, todas se baseiam na ausência de alimentos que não existiam no período paleolítico, são eles:

  • grãos
  • açúcar
  • laticínios
  • alimentos processados
  • alimentos refinados

Até ai fica fácil imaginar que fast foods (alimentos processados) não fazem parte dessa dieta. Mas e os grãos? Esses sempre foram reconhecidos de civilizações antigas, porém eram cultivados, (agricultura), ou seja, não faziam parte do período e consequentemente da dieta paleolítica.

Como faremos uma dieta paleolítica nos dias de hoje?

Por mais que algumas culturas mantenham alguns hábitos de comer larvas, insetos não é o habitual. Você já se imaginou caçando um animal selvagem ou subindo em uma palmeira para apanhar um coco verde?

Um dado interessante é que no passado paleolítico a dieta era muito pobre em carboidratos, fato totalmente oposto dos dias atuais. As proteínas e gorduras consumidas eram as responsáveis pela manutenção energética do organismo.

Sendo assim o conceito da dieta paleolítica pode ser definido basicamente em evitar ou até abolir açúcar e grãos, principalmente o trigo.

 

dieta paleolítica

O que comer na dieta paleolítica?

Proteínas

  • ovos,
  • carne bovina,
  • suína,
  • aves,
  • frutos do mar e
  • peixes.

A maneira que você prepara seu alimento é de suma importância.

Como preparar os alimentos:

Os ovos podem ser consumidos de várias formas: mexidos, omeletes, cozidos entre outras. Só para lembrar que o ovo é um dos alimentos mais completos que existem.

Já a carne não deve ser consumida à milanesa, por exemplo.

Vegetais: cenoura e beterraba cruas e principalmente vegetais que cresçam acima da terra. Exemplos: Rúcula, Agrião, Espinafre, Alface, Couve, Escarola, Pepino,Tomate, Brócolis, Abobrinha, berinjela, cogumelos, entre outros.

Gorduras: entre elas: (coco, azeite de oliva e manteiga). Este tipo de alimento são mais sacietetogenos e normalmente muito saborosos. Não confunda essas gorduras com outras como margarina e gordura hidrogenada, péssimas à saúde.

O que NÃO devo comer e/ou comer com MODERAÇÃO?

Não coma açúcar. Independente da sua origem, é açúcar, e foi processado.

Exemplo:

  • cereais matinais,
  • refrigerantes,
  • bolos,
  • chocolates ao leite.
  • Não coma nada à milanesa.
  • Não consuma produtos industrializados que vendem com baixo teor de gordura.

Evite ao máximo alimento com amido (massas em geral, batata, mandioca).

Lembre-se dos derivados do trigo. Esses não devem ser consumidos, mesmo se integrais.

Cerveja é um carboidrato líquido, não deve ser consumido, respeitando o princípio da dieta paleo.

Leia também: Como comprar pão integral.

E frutas e os laticínios?

Na era paleolítica as frutas consumidas eram muito diferentes das frutas cultivadas hoje. Nesta mesma época não havia pomares, muito menos hipermercados. As frutas eram silvestres e eram consumidas por um determinado período do ano no qual a fruta estava disponível e não o ano inteiro. As frutas dos dias atuais são selecionadas e cultivadas para ter uma maior palatabilidade, e para isso exige um maior teor de açúcar (carboidrato simples).

Faça uso com moderação dos sucos das frutas atuais.

De maneira geral, dê preferência para:

  • frutas vermelhas,
  • coco e
  • abacate.

Importante dizer que as frutas possuem quantidades diferentes de açúcar, e consequentemente diferentes índices glicêmicos, ou seja, capacidades diferentes de induzir a liberação de insulina, que por sua vez é o principal hormônio anabólico. Se a fruta for de alto índice glicêmico ela pode, nesse caso estimular, o acúmulo de gordura por intermédio da insulina.

Como mencionado no início do texto a dieta paleolítica original não possui laticínios na dieta, e respeitando seus princípios devem ser evitados.

Porém de uma forma adaptada aos dias atuais os produtos como manteiga, nata, iogurte natural, coalhada podem ser consumidos.

Se você quer realizar a dieta paleolítica, ou mesmo as outras que serão abordadas, procure um profissional que tenha conhecimento de cada uma para ele, em conjunto com seu perfil e com algumas adaptações, consigam chegar ao seu objetivo.

Até a próxima semana, Dr. Walter Kantovitz.

Siga no Instagram @walterkantovitz

Se essa matéria te ajudou de alguma forma, compartilhe e nos ajude a espalhar o vírus da saúde #30tododia 

Educador Físico e Fisioterapeuta (METODISTA)
Médico (PUC-CAMPINAS)
Pós Graduado em Fisiologia do exercício e biomecânica (USP-SP)
Pós Graduando em nutrologia (ABRAN)
Residente Medicina Esportiva (USP-SP)
email: walteresportiva@yahoo.com.br
instagram: @walterkantovitz
Post AnteriorPróximo Artigo
Educador Físico e Fisioterapeuta (METODISTA) Médico (PUC-CAMPINAS) Pós Graduado em Fisiologia do exercício e biomecânica (USP-SP) Pós Graduando em nutrologia (ABRAN) Residente Medicina Esportiva (USP-SP) email: walteresportiva@yahoo.com.br instagram: @walterkantovitz