Respeite Um Carro a Menos

Cidades amigas da bicicleta pelo mundo

bicicleta pelo mundo

Diversas cidades pelo mundo possuem hábitos que facilitam e incentivam o uso da bicicleta. Após longas pesquisas e alguns depoimentos, o Respeite Um Carro a Menos  criou uma campanha com medidas e informações de várias cidades amigas da bicicleta ou que incentivam o uso para aumentar a qualidade de vida de seus habitantes. Vamos seguir os bons exemplos! Afinal de contas qualidade de vida nunca é demais.

Exemplos de respeito à bicicleta pelo mundo

bicicleta pelo mundo

Em Copenhague, na Dinamarca, há semáforos exclusivos para as bicicletas. A prioridade é dos pedestres, depois dos ciclistas e, por último, dos carros.

 

bicicleta pelo mundo

Em Barcelona, na Espanha, há uma ciclovia que rodeia toda a área metropolitana, chamada de “anel verde”. Além disso, existem mais de 3 mil vagas de estacionamento para bicicletas na rua e garagens subterrânea.

 

bicicleta pelo mundo

Em Mälmo, na Suécia, foram criadas vias exclusivas para as bicicletas com direito a nome próprio, o que facilita a localização por GPS.

 

bicicleta pelo mundo

Em Amsterdã, na Holanda, é muito comum o bike-box: um espaço para que os ciclistas aguardem o semáforo à frente dos carros, pois é bem mais seguro largarem antes.

 

bicicleta pelo mundo

A antiga avenida que circundava o rio Rhône, em Lyon, na França, foi transformada em via de ciclistas e pedestres. É muito agradável pedalar à beira do rio.

 

bicicleta pelo mundo

Em Bogotá, na Colômbia, mais de 500 mil pessoas usam a bicicleta como meio de transporte público, já que vários pontos de ônibus possuem bicicletários gratuitos. São 340 Km de ciclovias ou “ciclorutas” como são conhecidas por lá.

 

bicicleta pelo mundo

Em Londres, na Inglaterra, bicicletas podem, por lei, circular nas faixas preferenciais de ônibus. Os motoristas dos coletivos recebem um treinamento intenso para o convívio com ciclistas. Alguns chegam a mudar de faixa para fazer uma ultrapassagem segura.

 

bicicleta pelo mundo

Em grande parte da Market Street, avenida central de São Francisco, nos Estados Unidos, há uma ciclovia segregada dos automóveis.

 

bicicleta pelo mundo

Em Tóquio, no Japão, existe um estacionamento subterrâneo high tech em uma de suas estações de metrô. por um elevador especial, em apenas 30 segundos, a bike é guardada no subsolo, que tem capacidade para mais de 9 mil unidades. Quem estaciona em local proibido tem que pagar multa.

Muitos são os bons exemplos de cidades consideradas bike-friendly ou amigas da bike. Para isso é necessária uma boa infra-estrutura e, principalmente, o respeito entre todos!

Conheça a Placa da Mobilidade Sustentável

Senta na bike, faz #30tododia e curte a brisa no rosto!

“Respeite Um Carro a Menos” é um movimento ciclístico que busca passar a ideologia da Mobilidade Sustentável. Fazemos isso através de plaquinhas que colorem as ruas nas bicicletas e espalham simpatia por onde passam. O Respeite é formado por 6 amantes da vida. =) São eles: Fred Sampaio (publicitário), Carlos Sales (Músico), Isabel Pinheiro (Atriz), Lula Franco (Produtora), Caio Silva (Designer) e Bernardo Bentes, esse que vos escreve todos as Quartas e Sábados.
Senta na bike e curte a brisa no rosto.
Nosso site é: www.respeiteumcarroamenos.com.br
Post AnteriorPróximo Artigo
"Respeite Um Carro a Menos" é um movimento ciclístico que busca passar a ideologia da Mobilidade Sustentável. Fazemos isso através de plaquinhas que colorem as ruas nas bicicletas e espalham simpatia por onde passam. O Respeite é formado por 6 amantes da vida. =) São eles: Fred Sampaio (publicitário), Carlos Sales (Músico), Isabel Pinheiro (Atriz), Lula Franco (Produtora), Caio Silva (Designer) e Bernardo Bentes, esse que vos escreve todos as Quartas e Sábados. Senta na bike e curte a brisa no rosto. Nosso site é: www.respeiteumcarroamenos.com.br