Pitacos

Jericoacoara: um lugar inesquecível para passear e praticar esportes

Um paraíso perdido, ou melhor, preservado em meio ao extenso litoral cearense entre dunas que parecem intermináveis. Um lugar apaixonante para descansar, se divertir e praticar esportes. Um lugar perfeito para abstrair as preocupações e voltar para casa com as energias renovadas!

Foram cinco dias maravilhosos que poderiam ser tornar 10, se eu soubesse que eu ia gostar tanto de aprender a pegar onda. Em Jericoacoara eu peguei a primeira onda da minha vida. Mas vou contar e descrever o local e a viagem por partes.

Assim como a grande maioria dos lugares turísticos, ao chegar em “Jeri” fui bombardeada por ofertas de passeios de bugres e quadriciclos e, para conhecer bem a região em pouco tempo, optei em fazer os dois mais importantes em um apenas um dia, já pensando em sobrar bastante tempo para me jogar no “parque de diversões de esportes aquáticos” . Confesso que um dia para todos os passeios foi puxado, mas valeu a pena!

Apesar das praias lindas de Jericoacoara e suas redondezas, as lagoas, formadas por águas das chuvas e localizadas entres dunas, são atrações indispensáveis. Ali, qualquer lugar é lugar para praticar o kitesurf, esporte mais praticado naquelas águas. As pipas coloridas e de diversos tamanhos enfeitam e deixam o visual de Jericoacoara ainda mais bonito. Mas neste esporte eu não me aventurei, apesar das aulas durarem três dias, o investimento é alto e na minha opinião o kitesurf é bem trabalhoso para a minha rotina.

Premissas de Jericoacoara

  • Ande descalço. Para mim,  é essencial sentir a energia do lugar.
  • Vai fazer o passeio pelas dunas? Então leve na mochila protetor solar, uma viseira ou boné, camisa, chinelo, água, e claro, uma máquina fotográfica! O visual é de deixar qualquer um com o queixo caído.
  • Passe pela Velha Tatajuba e pare para escutar a história que uma senhorinha local conta sobre a antiga vila que foi soterrada pelas areias na década de 60. Não é possível identificar até onde a história é real, mas isso não importa, estar ao lado daquela mulher tão simpática, apresentada como uma verdadeira namoradeira, como aquelas de artesanato, já valeu a parada.
  • Compre uma água de coco nestes lugares, além de ajudar na hidratação, são bem mais saborosos que os cocos que temos aqui no sudeste e você ainda ajuda a girar a economia local.
  • Após isso tudo, no final do dia,  corra para ver o por do Sol. Mais legal ainda é assistir à este belo espetáculo da natureza de cima da duna da praia de principal de Jericoacoara, ponto de encontro dos turistas no final do dia, imperdível! Depois da apresentação do nosso astro rei, é tradição bater palmas para ele, um momento de arrepiar.

site 1  site 8

 

site 16  site 15

site 5   site 6

À noite, quando achamos que é hora para descansar, o vilarejo de Jericoacoara ganha ainda mais charme, enfeitado pelas luzes dos restaurantes e pessoas usando roupas despojadas e chinelos pela ruas de areia, chegou o momento da tarefa árdua do dia: escolher um dos deliciosos restaurantes para o jantar.

Dicas da gastronomia local

Eu, uma apaixonada por gastronomia e sabores regionais, sugiro experimentar a paçoca, um mix de carne de Sol desfiada, com cebola, farofa de ovos, purê de abóbora e arroz de leite, simplesmente inesquecível. Mas não deixe de lado, claro, os frutos do mar nos outros dias.

Não se preocupe como perder as calorias no dia seguinte, às manhãs a maré está sempre bem baixinha e é possível dar uma super corrida na areia.

Restaurantes incríveis:

Charmoso  http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g303297-d2264674-Reviews-Na_Casa_Dela-Jericoacoara_State_of_Ceara.html

Especial http://www.chilibeach.com/gastronomia/restaurante

Pós-praia http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g303297-d2109467-Reviews-Pimenta_Verde-Jericoacoara_State_of_Ceara.html

Tem que ir http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g303297-d1631005-Reviews-Tamarindo-Jericoacoara_State_of_Ceara.html

 

Tiramos uma manhã para fazer a caminhada até a Pedra Furada, referência turística do lugar. Todos nos assustaram sobre o longo trecho debaixo do Sol, mas confesso que tiramos de letra. Água na mochila, protetor solar e “pernas pra que te quero”, chegamos a um dos lugares mais encantados de Jericoacoara. O caminho com duração de mais ou menos 45 minutos pode ser feito pelo morro do Serrote ou beirando o mar, com a maré ainda baixinha, logo pela cedo. Vale muito a pena. Eu tive que fazer por cima do morro porque sai tarde da pousada, mas voltamos por outra trilha mais próxima do mar.

site 17  site 13

site 9  site 11

Feitos todos os passeios, era hora de eu me jogar naquela Disneylândia aquática e honrar o meu sobrenome. Não sei se todos sabem, mas amo o mar naquele estilo bem lisinho, para nadar à vontade com direito a óculos e pé-de- pato, mas tenho pavor da arrebentação. Então uma das minhas metas para 2014 é superar este medo de ondas, e a SUP já vinha me ajudando com isso. Em Jericoacoara peguei uma onda de verdade, pequena claro, mas remei, entrei na onda, fiquei em pé e sobrevivi.  E agora já era, estou apaixonada e vou fazer uma aulinhas aqui pelo Arpoador… Pena que não tenho uma fotinho ou vídeo deste momento único, não tinha quem o fizesse para mim já que o namoradão queria mesmo era me tacar nas ondas e ajudar a vence este medo.

Pensa em levar a sua prancha? Não sei se vale a pena, chegar a este paraíso é um pouco cansativo e o que não faltam são opções de lugares que alugam pranchas e instrutores de surf, kitesurf e windsurf, se necessário, tudo com bons preços.

site 12  site 10

Como chegar em Jeri

Existem as opções mais baratas como o serviço do Fretcar, um ônibus que leva de Fortaleza até Jericoacoara ( informações fáceis de encontrar na internet).

Transfer pré-contratado em carros 4×4 – Mais caros porém bem mais rápidos e menos cansativo.

Vale lembrar que Jericoacoara está localizado a mais 300km de Fortaleza. São quase quatro horas de estrada até chegar ao paraíso.

Compartilhe aqui também a sua experiência, estamos juntos nessa #30tododia @carlaburle

 

 

Post AnteriorPróximo Artigo