@vemcomelas, Blogs

SupYoga e SuPilates

Não seria surpreendente para experimentar e desfrutar do melhor dos dois mundos: a força e a graça de Pilates e da Yoga, com a tranquilidade do oceano? Acredite ou não, agora você pode!

Instrutores de Pilates mundo a fora estão ministrando suas aulas de Pilates no oceano, lago ou rio mais próximos, em um Stand Up Paddleboards. Estas pranchas (também chamado SUPS) são a última sensação de fitness.

SUPS parecem pranchas grandes, e são movidos por um remador de pé que usa um remo de canoa extra-longa. Stand Up Paddling originado no Havaí, que mistura a tradicional canoa polinésia remando com o surf.

O resultado desta combinação maravilhosa é um esporte novo e acessível a todos. Os profissionais aderiram o Stand Up Paddling não só porque é divertido e os benefícios cardiovasculares do exercício são excelentes, mas também para o desafio equilíbrio-core.

Como a prancha está flutuando na água, o praticante deve constantemente contrair os músculos estabilizadores da pelve e coluna para permanecer estável na prancha. Por exemplo, ao realizar o que parece ser um exercício simples, como círculos Perna, o participante é lembrado de estabilizar a sua pélvis, e garantindo eficácia no movimento.

Na Paddleboard, o conselho não vai apenas fornecer feedback sobre a pélvis instável pela oscilação, que também irá fornecer mais de um desafio, porque os quadris e os movimentos das pernas bambas descontrolada fará com que a placa vire. O mesmo acontece com a realização de exercícios que visem a estabilidade espinhal e força abdominal.

Exercícios mais complicados, como séries de perna, por exemplo, são particularmente difíceis por causa da exigência de estabilidade escapular e pélvica necessárias para executar corretamente.

As rotinas de Pilates na Stand Up Paddleboard são muito eficazes, muito desafiantes e muito divertidas!

Agora para a próxima etapa: Como é uma oferta dessas classes? Primeiro de tudo, você vai precisar  manter contato com uma loja local ao ar livre ou uma loja que aluga Stand Up Paddleboards. Trabalhar com eles e definir uma estrutura tarifária que seja razoável tanto para seu benefício e de seus participantes a pagar.

Encontrar um local pode ser um desafio, mas a segurança é das coisas mais importantes a considerar. As questões de segurança na água incluem o acesso seguro à água, marés / correntes, de largura / pranhcas estáveis ​​e duráveis, assinatura de termos de responsabilidade, e um plano de emergência suficientes.

É bom praticar sua rotina antes. Você pode descobrir que alguns dos exercícios vão precisar ser modificados para proporcionar um fluxo mais eficaz ou um desafio apropriado para o nível de seus participantes.

Tente e inove.

Manuella Rangel

www.vemcomelas.com.br

www.manuellarangel.com.br

Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia
Professor de Educação Física – UFRJ
Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística.
Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional

Email: marcellopaiva@30tododia.com.br

Post AnteriorPróximo Artigo
Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia Professor de Educação Física - UFRJ Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística. Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional Email: marcellopaiva@30tododia.com.br