LifeStyle 30 todo dia

Meia Maratona de Buenos Aires

Meia Maratona de Buenos Aires

Mais uma vez umas das Meias Maratonas mais concorridas da América Latina entrou para o meu calendário de provas internacionais. E como uma das favoritas! Justamente pelo belo percurso, que além de lindo é bem rápido, com cenário variado e clima muito favorável para correr.
Para tudo ocorrer da melhor maneira possível, com planejamento e sem preocupações, foi primordial a ida pela agência de turismo LC Tour, que ofereceu toda a logística necessária para uma viagem tranquila tanto para se concentrar na prova como para aproveitar o melhor do turismo na cidade.

Dia 01 – Ida para Argentina

Na chegada no aeroporto, no Rio, fomos recepcionados pelo guia da agência e já seguimos em grupo para Buenos Aires. Chegando lá, já nos esperava o transfer para o hotel, que fica super bem localizado na parte central da cidade, onde é, inclusive, ponto de passagem do percurso da prova. Chegamos tarde e descansamos para o dia seguinte, que seria a retirada do kit e City Tour pelos principais pontos turísticos.

Dia 02 – Pré-prova

A feira de retirada do kit foi na Expo Rural, lugar muito bem estruturado que costuma comportar grandes exposições na cidade. A boa organização da prova já podia ser notada pela disposição e boa qualidade de material dos expositores dentro da feira.
Já com o kit em mãos, os integrantes do grupo partiram para o City Tour, e o restante, que preferiu descansar ou explorar a cidade por si, foi levado de volta ao hotel.

Meia Maratona Buenos Aires
Foto @alfeijao

O guia, sempre bem selecionado, se preocupou em descrever bastante todas as histórias e informações referentes aos lugares e monumentos do percurso, que teve início já no caminho do hotel para a Plaza de Mayo, primeiro lugar de parada, onde encontra-se a Casa Rosada. Depois de passar pela Avenida 9 de Julyo (a mais larga da América Latina), e pelo Bairro de San Telmo, o grupo se dirigiu para La Boca, bairro que sedia o clube Boca Juniors. Grande parte dos estabelecimentos é decorado com as cores do clube, o bairro respira futebol.
Ainda no bairro se encontra o Caminito, ponto turístico também bastante marcante da cidade, com vasta exposição da cultura artística local, shows de tango, espaços gastronômicos e lojas de souvenires.
Após voltar para o hotel, ainda restava grande parte do dia para almoçar e continuar a explorar a cidade ou descansar e preparar os equipamentos para a prova no dia seguinte.

Foto @alfeijao
Foto @alfeijao

Dia 03 – A prova

A logística montada pela LC Tour de ida e volta do hotel para a prova foi fundamental para ausência de preocupação e estresse no momento que naturalmente já é de ansiedade e nervosismo que antecede a corrida. Com o ônibus que nos levou, tivemos acesso ao local de aquecimento, bem próximo da largada, onde fica a tenda de ponto de encontro e guarda-volumes, também oferecido pela agência de viagem.

Vale lembrar que sem isso, tudo seria complicado, desde o acesso às proximidades da largada até local para guardar os pertences.

Devidamente instalados e aquecidos partimos para o “corredor” de largada. E como nem tudo são mil maravilhas, há de se pontuar a falha da organização da prova nesse momento, onde os milhares de participantes se espremiam e se empurravam causando princípios de tumultos pelas pequenas brechas de acesso à avenida gradeada onde ocorreria a corrida.

Largada
Largada

Porém deve ser ressaltado também a excelente estrutura de apoio com bastantes pontos de hidratação com água, repositor energético e até frutas, sem dificuldade para pegá-los.
Passado o empurra-empurra da largada, foi só alegria. Percurso muito bonito, passando por monumentos e pontos turísticos da cidade que ainda apresentava temperatura super agradável para correr (em torno de 14°), favorecendo os praticantes a superarem suas metas com ritmos fortes sendo encaixados na corrida. A prova é bem rápida e praticamente plana, com pequenas e suaves subidas compensadas por descidas do mesmo nível.

Meia Maratona Buenos Aires
@rafawiniki e @alfeijao

Comecei a corrida junto com meu “pacer”, o amigo Albert Feijão que se encarregou de controlar meu ritmo até a metade da prova. No primeiro km fomos aquecendo e logo a corrida encaixou. Em alguns momentos tínhamos que conter o ritmo para não “quebrar”, de tão favorável e agradável que estava para correr. Como a Maratona de Berlin é no final desse mês, também não quis ir ao meu limite para não correr o risco de lesionar nem desgastar excessivamente a musculatura, pois ainda tenho uma planilha “caprichada”
a seguir até Berlin, que é a prova foco do semestre.

O Feijão conseguiu me controlar até passarmos pelo Obelisco, que marca aproximadamente a metade da prova no 11°km, onde nos encontrávamos num pace de 4’45” e eu estava extremamente confortável. Confiante e ainda conhecedor do percurso, já que havia feito a mesma prova ano passado, resolvi apertar o passo e quando percebi estava correndo abaixo dos 4’20” por km (pace).

Meia Maratona Buenos Aires
@rafawiniki

A essa altura já não tinha mais o Feijão para me ajudar a controlar o ritmo. Como estava me sentindo muito bem, deixei a corrida fluir. Cruzei a linha de chegada com 1:36′ com pace médio de 4’34” e muito feliz com o resultado bem abaixo do esperado quer era em torno de 1:40′, e o melhor de tudo: Sem dor!
Um belo treino de luxo para os 42km na Alemanha.

Pós-prova

Após a corrida, nos dirigimos à tenda onde a LC Tour nos proporcionou um grande espaço para hidratação, alimentação, colchões para alongamento, e outros confortos que fazem total diferença para a boa qualidade do período que sucede a prova.

Meia Maratona Buenos Aires
Estrutura Lctour final da prova

Depois de reunido, o grupo regressou ao hotel com o transfer, chegando rápido e com total conforto.
Daí pra frente foi só aproveitar o resto da viagem e desfrutar da culinária local famosa pelas carnes e vinhos, almoçando muito bem em Puerto Madero, passeando pela feira de San Telmo, jantando em Palermo, e ainda tendo tempo de aproveitar para ver a cidade funcionando a todo vapor na segunda-feira, que para nós foi feriado, mas para os argentinos foi dia de labuta.

Meia Maratona Buenos Aires

Foi pra conta mais uma Meia Internacional. Adorei correr na terra do hermanos mais uma vez e ainda desfrutar do melhor do turismo Argentino com a impecável preocupação de toda a logística oferecida pela LC Tour. Que venha Berlin! Vamos que vamos!

Informações sobre os pacotes de viagens e as próximas provas acesse www.lctour.com.br  siga no Instagram @lctour

Fotos Albert Pinho siga no Instagram @alfeijao

personal trainer, carioca de corpo e alma, privilegiado por viver, absorver e desfrutar da cidade maravilhosa, amante e dependente da endorfina, apreciador da fotografia com estilo de vida saudável e sempre em busca de ser e estar feliz comigo mesmo e com todo o universo que me envolve. Equilibrio nas atitudes e nos habitos da vida , sempre analisando a relacao custo x beneficio de cada possilidade para viver sempre minimizando o custo e enaltecendo os beneficios…
Post AnteriorPróximo Artigo
personal trainer, carioca de corpo e alma, privilegiado por viver, absorver e desfrutar da cidade maravilhosa, amante e dependente da endorfina, apreciador da fotografia com estilo de vida saudável e sempre em busca de ser e estar feliz comigo mesmo e com todo o universo que me envolve. Equilibrio nas atitudes e nos habitos da vida , sempre analisando a relacao custo x beneficio de cada possilidade para viver sempre minimizando o custo e enaltecendo os beneficios...