Aventura

Como usar eletroestimuladores.

Um eletroestimulador é um aparelho terapêutico muito utilizado por fisioterapeutas e/ou profissionais da área de estética para melhorar o condicionamento e a qualidade da musculatura. Ele funciona como que através de pequenos “choques” que contraem e relaxam o músculo.

Existem alguns tipos de eletroestimuladores, tem 3 marcas de eletroestimuladores mais similares entre si, que se diferenciam do resto por algumas razões:

O Compex, o Globus e o Cefar tem algumas características semelhantes entre si e que se diferenciam de outros eletroestimuladores, por vezes mais conhecidos e utilizados no mercado porque, primeiramente, esses são mais fáceis de manusear por ‘leigos’, ou os não propriamente ditos como profissionais dessa area. Ou seja, o atleta pode usa-lo sozinho, depois de orientado por seu fisioterapeuta. Eles vem com um amplo manual de instruções, que junto com o aparelho é relativamente simples e intuitivo seu uso, principalmente o Compex.

Eles também são pequenos e portáteis, ou seja, ideal para levar em qualquer mochila; é ótimo para ser usado concomitantemente à prática dos exercícios, justamente para intensifica-lo. E acima de tudo, eles tem diversas correntes de estímulos, que os outros eletroestimuladores não têm; dentro de cada proposta de preparação ou recuperação, tem mais de 10 diferentes correntes, cada uma muito específica para o resultado que se está buscando.

compex

 

 

 

globus

 

 

 

 

cefar

 

 

 

Esses eletroestimuladores são mais usados e indicados para a preparação de atletas amadores e profissionais que buscam aumentar o desempenho desportivo, assim como diminuir as possíveis lesões,ou como forma de potenciamento, com o objetivo de prevenir inflamações em grupos musculares de maior risco. Também é ótimo para um relaxamento muscular; tem programa até de massagem.

  • Como funciona:

Através de específicos impulsos elétricos enviados ao músculo, a eletroestimulação reproduz o mecanismo de solicitação dos músculos para a contração e o relaxamento, se igualando ao efeito de treinamento.

Segue um vídeo que fiz junto ao fisioterapeuta Bernardo Bueno Pinheiro e o seu aluno Hemerson, onde ele mostra como é utilizado o eletroestimulador junto com exercício:

 

befisio

 

 

Mas possui algumas vantagens em relação ao treino tradicional > aqui não tem a força da gravidade como resistência aos pesos, que pode ocasionalmente sobrecarregar outras partes do corpo, como os ossos, coluna, ligamentos, joelhos, etc. Ou seja, com a eletroestimulaçäo, vc consegue o mesmo desempenho e as contrações de grande potência que teria ao treinar normalmente, só que preservando o seu corpo de possíveis traumas.

Isto não quer dizer que vc deve ficar em casa, só usando o eletroestimulador e, ficar sentado esperando os resultados. Não é bem por aí… Ele é um ótimo companheiro e complemento do treino, não apenas buscando a performance mas também como uma forma de aliviar as tensões pós treino. É uma forma de todos terem acesso aos benefícios da eletroestimulação, buscando sempre seu potencial máximo, mas lembrando que é um plus.

As vezes, por exemplo, não temos tempo de fazer mais do que nosso 30tododia, então optamos pelos exercícios mais completos e menos específicos. Chegando em casa, podemos usar nosso aparelinho para escolher com extrema precisão o músculo que queremos enfatizar, ou o músculo que está mais enfraquecido e precisa se equilibrar ao resto. Ou também, apenas por uma razão estética, existe o desejo de tonificá-lo.

A eletroestimulação também é aplicada, com sucesso, para tratamentos estéticos. Seja para endurecer uma região, tonificar, hipertrofiar, eliminar gorduras localizadas, melhorar o aspecto das celulites, etc.

Enfim, sabendo usá-lo, e com o acompanhamento de um profissional, é possível obter um físico muito mais harmonioso, firme e funcional.

Como falado no início da matéria, o Compex, o Globus e o Cefar são marcas de eletroestimuladores, e dentro de cada uma dessas linhas tem algumas categorias do produto. Alguns são indicados mais para treinamento e recuperação, outros para fitness e estética, outros para reabilitação e, tem até opção wireless. O ideal é adquirir um mais voltado para seus objetivos e comprar alguns elétrodos extras, porque eles desgastam com o uso.

Mais um videozinho onde eu estou usando o compex no abdômen e na coxa:

Indicações de uso desses eletroestimuladores:

  • aumento da performance em atletas
  • fortalecimento muscular
  • definição e tonificação muscular
  • melhoria da flacidez
  • relaxamento muscular
  • drenagem de edemas
  • drenagem linfática
  • prevenção e redução de inflamações
  • ativação dos tecidos
  • potenciamento recuperação pós-cirúrgica

Contra-indicação:

  • Gestantes
  • Epiléticos
  • Portadores de próteses metálicas
  • Portadores de marca-passo
  • Cardiopatas
  • Infecções cutâneas
Aventureira nata e apresentadora dos programas “Trilhas e Travessias” no canal OFF e “Sem Destino” no Multishow.
Neste espaço eu divido todas minhas experiências de viagens, aventuras e meu dia-a-dia com você.
Post AnteriorPróximo Artigo
Aventureira nata e apresentadora dos programas "Trilhas e Travessias" no canal OFF e "Sem Destino" no Multishow. Neste espaço eu divido todas minhas experiências de viagens, aventuras e meu dia-a-dia com você.