Blogs, Dicas, Pitacos, Treinamento

Queime muitas calorias com o Ballet Training

Ballet Training

A vida dá muitas voltas… Mas para que elas sejam a nosso favor, temos que correr atrás. Buscar nossa felicidade em tudo: no esporte, no trabalho, no amor. Hoje, o Pitacos vai contar uma história que une um pouco de todos esses ingredientes.

O nome dele é Renato Marques. Tem quarenta anos de idade. Começou a vida profissional como eletricista. Consertava eletrodomésticos, todos os dias, numa oficina. E, assim, trabalhou durante anos.

Mas sabe quando vem uma vontade de mudar?

Transformar a rotina, melhorar a qualidade de vida, o ambiente em que se vive… Pois bem. Foi na dança que ele encontrou o caminho.

renato 2

Renato praticava ballet paralelamente ao trabalho de eletricista. Era um aluno esforçado, dedicado. Mas nunca havia passado pela cabeça trabalhar como professor. Até que um amigo, dançarino profissional, despertou essa possibilidade. Fez Renato repensar o objetivo dele nas aulas. E ele aceitou a proposta. De lá para cá,  foram mais de 20 anos. E Renato se formou profissional, deu aula de quase todos os estilos de dança, fez teatro, se encontrou como professor. Há três anos ele dá aulas na Rede Pro Forma e,  semana passada, pude conhecê-lo pessoalmente na aula de Ballet Training.

aula 3

Logo de cara notei que Renato tem corpo, força e postura de bailarino. Mas, na aula, a música não era bem de ballet. E, conversando com ele, entendi o porquê.

A aula

Segundo o professor, não é para bailarinos profissionais. Isso porque tanto o ballet  profissional quanto o ballet training possuem rotinas e objetivos distintos.  Na aula de training, “o objetivo é trazer para dentro da sala a rotina de treinamento físico de um bailarino profissional”, garante. Para tanto, ele separa exercícios que ajudem a despertar e evoluir a consciência corporal dos alunos.“A intenção não é ser forte. É ter resistência, ter flexibilidade e controle do corpo”, esclarece o professor.

aula4

O professor tem como objetivo apresentar, inicialmente, os movimentos básicos para os alunos. Conforme eles vão se sentindo seguros na execução, a ideia é incluir mais peso e elementos. “Vamos introduzir aparelhos: elásticos, bolas.. mas para isso preciso desenvolver essa conscientização do corpo”.

aula

Com essa preocupação atenta do professor, ele pretende que os alunos evoluam na aula e, consequentemente, tenham um corpo mais saudável. “Ter um corpo saudável não significa você ser um bailarino. Ter um corpo saudável significa você andar de forma confortável, não se lesionar ao descer uma escada, por exemplo”.

Eu, particularmente, adorei a aula. O repertório musical é muito bacana que conta  com uma mistura do clássico com o moderno. Vai de Elis Regina até Anitta. Você sai da aula com a sensação de que fez seu corpo acordar no sentido de mexer com partes muitas vezes esquecidas na nossa dinâmica. Curti bastante e recomendo. E posso falar? Histórias como a do Renato só me fazem ter mais a certeza de que a gente pode ser o que escolhe ser, quiser ser.

Quer ir mais longe? Vá. Quer ir mais forte? Vá. Quer ser diferente? Seja. Mas faça alguma coisa para que essa mudança aconteça de verdade.

E você? Já fez seus #30tododia de hoje? Está esperando o quê? Vai lá e faz! Porque ninguém fará por você.

Você encontra essa atividade na Academia Proforma Leblon, Rio de Janeiro

www.redeproforma.com.br

Instagram @proforma.oficial

ballet

Sou repórter, apresentadora, produtora e maratonista! Viciada no universo esportivo. Com uma queda pelo fit. O conceito de fitness para mim vai além das atividades que surgem, das comidas que se reinventam. É simplesmente um estilo de vida. Uma forma de ligar corpo e alma em uma rotina saudável. E quando você descobre isso, seus passos rumo ao bem estar se tornam automáticos. Sou uma curiosa por natureza. Sempre atrás de notícias, novidades e, claro, pitacos. E será aqui o cantinho em que vou dividir tudo isso com vocês.
Post AnteriorPróximo Artigo
Sou repórter, apresentadora, produtora e maratonista! Viciada no universo esportivo. Com uma queda pelo fit. O conceito de fitness para mim vai além das atividades que surgem, das comidas que se reinventam. É simplesmente um estilo de vida. Uma forma de ligar corpo e alma em uma rotina saudável. E quando você descobre isso, seus passos rumo ao bem estar se tornam automáticos. Sou uma curiosa por natureza. Sempre atrás de notícias, novidades e, claro, pitacos. E será aqui o cantinho em que vou dividir tudo isso com vocês.