Dicas, Dicas

O remo é uma boa atividade aeróbica? Conheça tudo sobre o remo-ergômetro.

Remo-ergômetro

E aí, vamos remar?
Remar é uma atividade bastante prazerosa e, como toda atividade física, traz benefícios importantes para a saúde.
Mas, o que difere o remo-ergômetro dos demais ergômetro ofertados em uma sala de treinamento cardiorrespiratório?
Equipe Velox Fitness com os professores Gustavo Monteiro e Guto Ferrari esclarecem esse assunto.
Como você pode observar no vídeo, ao praticar o remo, praticamente todas as articulações são mobilizadas e, consequentemente  a maior parte dos grupamentos musculares é solicitada. Por isso, um dos exercícios aeróbios mais completos e com expressivo gasto energético.
O que você precisa saber para começar a treinar no remo
Apesar de ser uma atividade aeróbia, o remo exige força e resistência muscular. Além disso, por não se tratar de um movimento  tradicional em nosso cotidiano, é necessária uma fase de adaptação para que se consiga coordenar a execução do movimento. Por esse motivo esta prática deve ser iniciada de forma bastante gradativa.
Podemos dividir a execução do movimento em um ciclo de basicamente três etapas:
  1. preparação,
  2. movimentação,
  3. recuperação.
1- Etapa de preparação:
Quadril e Joelhos flexionados, cotovelos estendidos com os braços à frente e pés apoiados na plataforma com o tronco inclinado à frente.
2- Etapa de movimentação:
Empurra-se a plataforma estende-se os joelhos e, ao final da extensão dos joelhos, deve se estender o quadril até o tronco se inclinar em aproximadamente 30 graus para trás. Quase de maneira simultânea à isso, flexiona-se os cotovelos para trazer a barra abaixo da linha inferior do peitoral.
3- Etapa de recuperação:
Nesta etapa o corpo retorna à posição de preparação. o quadril flexiona e os cotovelos estendem. Os joelhos devem se flexionar somente após as mãos os terem ultrapassado, a fim de chegar à posição inicial.
O ciclo deve ser repetido. Contabilizamos cada ciclo como um ‘voga’ ou remada. Fazendo uma correlação com a corrida, este seria o “pace” do seu treino (medimos em vogas por minuto).
Considerações importantes:
remo é um ergômetro sem impacto significativo sobre as articulações, porém, deve-se ter muita atenção à postura. Devido à intensa movimentação da articulação do Quadril, uma postura inadequada poderá levar a um aumento da compressão discal na lombar, por isso, não é uma atividade indicada para pessoas com problemas lombares pré-existentes.
O ideal é que você sempre consulte um profissional de Educação Física antes de iniciar a prática!
Agora que você já sabe o bastante sobre o ergômetro, vamos treinar?
Sugestão de treino intervalado para você começar a remar!

*Treino de 15 minutos

Aquecimento de 3 minutos com um ritmo de remada de leve a moderado.
Parte principal com estímulo de 30 segundos remando forte e recuperando 1 minuto com intensidade de leve a moderada.
Repetir esta parte por oito vezes por 15 minutos, no total.
Mais uma vez, é sempre importante lembrar que, para um melhor ajuste dos seus treinos, é fundamental procurar um profissional de Educação Física a fim de regular volume e intensidade adequados para o seu condicionamento físico e seus objetivos.
Texto:
Gustavo Monteiro (guma20@gmail.com)
Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia
Professor de Educação Física – UFRJ
Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística.
Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional
Consultas: 21 2529-6473
Email: marcellopaiva@30tododia.com.br
Post AnteriorPróximo Artigo
Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia Professor de Educação Física - UFRJ Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística. Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional Consultas: 21 2529-6473 Email: marcellopaiva@30tododia.com.br