Dicas

Como evitar lesões no Indoor Cycling e no Ciclismo

Evitando lesões do Indoor Cycling e no Ciclismo

Em função da evolução constante, do treinamento educacional periódico e das vivências particulares é que podemos afirmar que a configuração errada dos das bikes, pode expor o praticante a lesionar-se.

Dificilmente um instrutor Certificado por um programa de ciclismo estacionário, vai cometer erros na condução dos estímulos e na variação das técnicas. O que mais lesiona o praticante hoje em dia, além dos acidentes, é o ajuste (Bike Fit) errado.

No Indoor Cycling, estamos revertendo este quadro atentando para um atendimento diferenciado dos praticantes. Tempos atrás era inadmissível ter um professor fora da bike, sem pedalar a aula inteira, e, hoje sabemos o quanto é importante o professor por exemplo, rodar pela sala fazendo as devidas correções no posicionamento das técnicas, para tornar as aulas mais dinâmicas. Alguns professores, se programam para chegar mais cedo na Academia e receber o aluno na porta da sala como alternativa de mostrar o grau de preocupação com o usuário.

Existem particularidades no momento de se ajustar a bike e lembre-se que não importa a bike que você esteja a usar, os ajustes serão sempre antropométricos e nada de achar que o ajuste da amiga de mesma  estatura serve para você.

Agora você já assistiu o vídeo que ensina ajustar a bike da forma correta.

E as diferenças não param por aí.

Existem vários tipos de modalidade ligada a bike e devemos estar atentos a isso. A figura abaixo mostra um posicionamento de uma pessoa sobre uma bike com ajuste recreacional. E um Ciclista de Estrada com o ajuste mais agressivo e aerodinâmico. Corretamente feitos e obedecendo as medidas antropométricas, apesar de muito diferentes, ambos proporcionaram aos usuários uma melhor performance sobre a bike, seja lá qual for esta performace.

bike-fit

 Podemos facilmente perceber as diferenças.

Um estudo que trata sobre o Bike Fit, resumidamente será descrito abaixo, lembrando que negligenciar do ajuste correto é mais ou menos a mesma coisa que atravessar uma avenida de olhos vendados…

Resumo:

O objetivo deste trabalho foi esclarecer ao ciclista e ao profissional de reabilitação sobre os principais ajustes dos componentes da bicicleta de forma a prevenir lesões musculoesqueléticas bem como proporcionar um melhor desempenho do conjunto ciclista-bicicleta. Foi realizado uma busca na base de dados Medline, SciSearch, Embase, Lilacs e Scielo, publicados entre 1989 e 2013.

Foram encontrados 26 artigos que faziam referência ao tema e todos os selecionados estavam escritos em inglês. Os estudos apontam para uma elevada concordância da importância do bike fit no ciclismo e nas aulas de Indoor Cycling, relatando favorecimento da eficiência, potência, conforto e deixando os ciclistas livre de lesões. O bike fit deve ser individualizado e realizado por um profissional capacitado, com experiência na biomecânica da atividade esportiva em questão. Pôde-se concluir que o conhecimento desta ciência pode ajudar profissionais que trabalham com ciclistas, visto que proporciona benefícios comprovados dentro desta modalidade esportiva. Pesquisador: Thiago Ayala. Fisioterapeuta do Studio Bike Fit, graduado pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Goiânia/GO e-mail: thiagoayala@hotmail.com

A dica do dia é: Ajuste sua bike corretamente… sua aula será outra!

Post AnteriorPróximo Artigo