30tododia

Você nunca viu nada igual XTERRA Costa Verde

XTERRA Costa Verde

Muita adrenalina e provas inéditas

O festival de esportes outdoor XTERRA Brazil sacodiu a calmaria do Portobello Resort & Safari na etapa Mangaratiba, na Costa Verde do Rio de Janeiro.

O XTERRA Village iniciou sua atividades na sexta-feira (8) para a retirada de kits e já pude me deparar com uma ótima estrutura, com facilidade na retirada de kits e esclarecedores simpósios técnicos para as provas Night Short XTERRA Triathlon e Endurance 50k para os competidores que tinham alguma dúvida sobre as regras e percursos.

Terminadas as informações, o restaurante abriu para o jantar de massas, típico para os atletas na noite anterior às competições.

Estreia nos 50k

As provas tiveram início no sábado, começando pelo Endurance 50 km, onde me aventurei pela primeira vez na distância. A buzina soou às 07h e para minha surpresa, já havia muitas pessoas próximas ao pórtico, vibrando e incentivando os atletas, mesmo com o frio rigoroso.

Comecei a prova em ritmo conservador, pois desde a largada já pensava nas possíveis dificuldades presentes durante o percurso. Logo nos primeiros quilômetros já sentíamos a imersão total na natureza, correndo em meio a montanhas cobertas por Mata Atlântica por todos os lados. Incrível!

O medo foi dando espaço à diversão à medida que os downhills apareciam. São minhas partes preferidas em trail runs e onde não costumo me poupar, assim, trocava algumas posições, perdendo nas subidas e recuperando nas descidas. Após uma longa subida na qual atingimos o trecho mais alto da prova, cheguei ao primeiro posto de controle, onde abasteci o sistema de hidratação, comi umas frutas e biscoitos salgados.

@alfeijao
@alfeijao

Perdido no mato

Progredia muito bem, fazendo a segunda passagem abaixo de 01h30’/10km como o planejado, até que no 22º km cruzamos o Rio da Lapa em direção ao Aeródromo, e por um descuido, não vi a placa indicativa do percurso. Segui correndo pelo rio, achando que encontraria uma saída logo à frente, mas depois de perder alguns minutos, presumi que estava no caminho errado e voltei até o ponto em que me perdi, desta vez seguindo pelo caminho correto.

O trecho final

Muitos falam da barreira do km 30, na maratona, onde as dores surgem e o ritmo diminui. Acho que isso se aplica a ultramaratona também, pois entre o 30° e 40° km variei muito entre caminhadas e um trote leve, devido ao cansaço acumulado.

Depois de lindos vales, single tracks e várias margens de rio, que juntos me convenceram de que essa é uma das provas mais bonitas do circuito XTERRA mesmo sem conhecer todas as outras, fui brindado com o caminho ao longo do Safari Portobello.

Terminei a prova em 07h03’50”, quase 30 minutos abaixo das 07h30’ planejadas.

Vale ressaltar e parabenizar o Iazaldir Feitoza, que com 03h55’52” quebrou seu recorde pessoal, e também a Rosália Camargo, que em 5h03’19” completou a prova e levou no colo sua filha de menos de  1 ano ao lugar mais alto do pódio.

@alfeijao
@alfeijao

Provas do XTerra Costa Verde

Com uma distância intermediária de 21 km o XTERRA Half Trail Run teve como campeões Welerson do Nascimento (01h54’58”) e Geisla dos Santos (01h31’37”), no masculino e feminino, respectivamente.

Fechando as atividades de corrida do sábado, a prova de 9 km XTERRA Short Trail Run, ideal para quem quer estrear nas corridas de montanha, foi vencida por Rildo Ribeiro (37’15”) e Solange Mariano (45’51”).

Durante a tarde, pouco depois de terminar o tempo limite do Endurance 50 km, foi dada a largada ao XTERRA Swim Challenge, que levou centenas de atleta aos 2 km de natação, tiveram como vencedores os favoritos, Artur Pedroza (22’24”), Beatriz Puciarelli (25’17”).

Ao cair da noite aconteceu pela primeira vez o Night Short XTERRA Triathlon, que entre os profissionais foi vencido no masculino por Felipe Molleta (01h17’33”) que fez uma dura disputa com Diogo Malagon, e só abriu maior distância já no trecho de corrida, quando Diogo torceu o tornozelo. No feminino, Sabrina Gobbo (01h34’21”) venceu com superioridade.

Tivemos também o XTERRA Night SUP, primeiras corridas de SUP noturnas do Brasil!

As provas foram vencidas entre os profissionais por Gui dos Reis (51’05”), que disputou com seu pai ombro a ombro a chegada, e no feminino Lena Ribeiro (56’49”) saiu vitoriosa.

No domingo (10) de muito sol as crianças de 1 a 13 anos disputaram as provas Kids Mini Run, onde alguns deram seus primeiros passos em suas futuras jornadas no XTERRA. Ao fim das provas e brincadeiras, as crianças se reuniram no palco para uma linda foto de encerramento do evento.

@alfeijao
@alfeijao

Recomendo a todos que não conhecem que se deem uma chance de experimentar o maior festival de esportes outdoor do planeta, seja em qual prova se enquadrar melhor!

Sobre o XTERRA

O XTERRA nasceu em 1996, no Hawaii, criado pelo então atleta Tom Kiely, como a primeira prova de triathlon off-road do mundo. A partir de então a prova se internacionalizou e hoje está presente em mais de 40 países na Ásia, América, Europa e África.

No Brasil, o XTERRA começou em Ilhabela (SP), em 2005, apenas com a prova de triathlon off-road, com aproximadamente 300 atletas e então pouco conhecida entre os brasileiros, mas com muita energia para crescer.

Uma das etapas do circuito XTERRA no Brasil é escolhida para ser classificatória para o XTERRA World Championship, que acontece na Ilha de Maui, no Havaí e reúne os melhores atletas do mundo. O XTERRA Brazil distribui 50 vagas para os mais bem colocados triatletas por faixa etária, masculino e feminino, para a grande final com a nata do triathlon off-road mundial. São reunidos 800 atletas de 32 países para disputar em um percurso extremamente desafiador no terreno vulcânico da ilha americana.

Clique aqui para conhecer as próximas etapas do XTerra. 

Leia também:

Tudo que rolou na etapa Paraty Xterra Brasil. 

Texto e cobertura do evento:

Albert Feijão, Siga no Instagram @alfeijao

Estudante de comunicação, fotógrafo, amante da natureza, atleta entusiasta e, agora, ultramaratonista.

Conheça o nosso serviço de prescrição de corrida e musculação Online e INDIVIDUALIZADO, feito pelos nosso colunistas e especialistas @30tododia. 

Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia
Professor de Educação Física – UFRJ
Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística.
Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional
Consultas: 21 2529-6473
Email: marcellopaiva@30tododia.com.br
Post AnteriorPróximo Artigo
Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia Professor de Educação Física - UFRJ Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística. Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional Consultas: 21 2529-6473 Email: marcellopaiva@30tododia.com.br