30tododia, Dicas, Treinamento

Como aumentar a panturrilha?

Muitas pessoas apresentam dificuldades em obter ganhos nos músculos da panturrilha. O que ocorre que muitas vezes as estratégias utilizadas no treinamento deste grupamento são diferentes em relação aos demais músculos do nosso corpo. Tal fato pode estar relacionado com a predominância do tipo de fibras musculares, o que determina uma maior facilidade de adaptação ao estímulo e maior capacidade de regeneração.

De fato, as fibras do tipo I, também chamadas de lentas ou vermelhas, possuem característica de resistência, maior capacidade oxidativa e por serem constantemente acionadas, uma maior necessidade de variação dos estímulos, pois se adaptam rapidamente.

Sendo assim, muitos fisiculturistas e atletas de força têm utilizado em suas rotina de treinamento uma variação maior dos estímulos para a panturrilha e isso inclui:
1- Aumento da freqüência semanal, podendo chegar até 6 vezes na semana;
2- Aumente o número de séries, de 5 a 8 por sessão;
3- Aumento do número de repetições, acima de 15 podendo até chegar a 50;
4- Intervalos curtos entre as séries, não mais do que 30 segundos.

A determinação da tipagem de fibra e sua predominância em músculos do nosso corpo é um método invasivo e de difícil acesso, mas sabemos que muitas pessoas não apresentam resultados com métodos de treinamento “tradicionais”, apesar de trazerem benefícios para outros grupamentos, sendo assim, a utilização dos estímulos citados, assim como mudanças mais frequentes deste, podem ajudar no aumento dos ganhos nesse difícil músculo.

Post AnteriorPróximo Artigo