Sem categoria

Vale a pena comprar tênis específico para pisada?

Qual o tênis para a sua pisada?

Confira o que dizem os estudos mais recentes

Este é um tema controverso onde muitos estudos no passado não identificaram vantagem para os corredores ao utilizar tênis de pisada específica, sugerindo que estas tecnologias eram uma maneira das grandes marcas venderem seus produtos.

A maioria dos trabalhos até hoje divide os tipos de pés em pronados, neutros ou supinados baseando-se apenas em medidas estáticas, carecendo de pesquisas que levem em consideração alterações mecânicas, vistas somente durante o movimento.

Antes de mais nada devemos discutir se ter uma pisada pronada ou supinada realmente aumenta o risco de ter alguma lesão nos membros inferiores.

Independente do tipo de pisada, alguns fatores de risco foram considerados como predisponentes a lesões como:

  1. O índice de massa corporal (obesidade);
  2. Sexo feminino;
  3. Alterações mecânicas do quadril (incluindo fraqueza muscular dos músculos do quadril).

O que dizem os estudos sobre a pisada:

Em um estudo de revisão sistemática da literatura e meta-análise publicado no Journal of Foot and Ankle Research analisando a postura do pé como um fator de risco para lesões relacionadas à atividade esportiva, encontrou evidências de relação dos pés pronados com lesões proximais dos membros inferiores (mais acima dos pés) como por exemplo a Síndrome do Stress Medial da Tíbia (a famosa Canelite) e a Dor Patelofemoral (condromalácia, condropatia patelar), lembrando que essas patologias tem causas multifatoriais.

Leia tudo sobre a Canelite.

Por outro lado, os pés supinados foram relacionados a lesões nos membros inferiores mais distais (no próprio pé e tornozelo), por um mecanismo de maior rigidez e subsequente maiores cargas verticais no impacto.

Leia tudo sobre a Condromalácia.

Um outro estudo controlado randomizado publicado em 2016 na British Journal of Sports Medicine comparando o risco de lesão em corredores usando tênis padrão e tênis com controle do movimento (específico para pisada) chegou às seguintes conclusões:

  • o risco de lesão foi globalmente menor entre os participantes que usaram tênis com controle do movimento comparado com os que usaram tênis padrão;
  • esse efeito positivo foi observado somente entre os corredores com pés pronados;
  • não houve diferença entre os corredores com pés neutros ou supinados;
  • os corredores com pés pronados usando tênis padrão (não específico para pisada) tiveram um risco de lesão maior comparados àqueles com os pés neutros.

Faça um teste de pisada inteiramente gratuito na Runbase Adidas RJ – Av. Epitácio Pessoa, 2760.

 

Foto @guileporace By @paivamarcello
Foto @guileporace
By @paivamarcello

Em resumo:

O risco geral de lesão foi menor em quem usou tênis com controle do movimento, e os corredores com pés pronados são quem mais podem se beneficiar do uso de tênis de pisada específica.

Mais do que tudo é importante que você tenha uma boa orientação de um profissional devidamente habilitado para prescrever seus treinos.

Afirma Dr. Jorge Wenke. Siga no Instagram @drjorgewenke

Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia / Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho / Staff do Instituto Nacional de Traumato-Ortopedia (INTO) / Colunista do 30tododia

Email:   jrwenke@gmail.com              Consultório:  Avenida Ataulfo de Paiva 135/ 1117 Leblon   Tefone: 3449-1050

Clique aqui e conheça o nosso mais novo serviço de prescrição de corrida individualizado #30tododia

REFERÊNCIAS:

Bradley SN, Ian B Griffiths, Geoffrey JD, et al.  Foot posture as a risk factor for lower limb overuse injury: a systematic review and meta-analysis.  Journal of  Foot and ankle Research 2014; 7:55

Malisoux L, Chambon N, Delattre N, et al.  Injury risk in runners using standard or motion control shoes: a randomised controlled trial with participant and assessor blinding.  Br J Sports Med 2016; 50:481-487

Dr Jorge Rafael Wenke
Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho
Staff do Instituto Nacional de Traumato-Ortopedia (INTO)
Consultório 3449-1050 Leblon
jrwenke@gmail.com
instagram @drjorgewenke
Post AnteriorPróximo Artigo
Dr Jorge Rafael Wenke Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho Staff do Instituto Nacional de Traumato-Ortopedia (INTO) Consultório 3449-1050 Leblon jrwenke@gmail.com instagram @drjorgewenke