#30 Reality

Entrevista com a nadadora Fabiola Molina

Fabiola Molina

Entrevista exclusiva para o nosso colunista Wagner Romão a Atleta Fabiola Molina conta um pouco da sua história de sucesso.

  • Você nadou em alto nível até os 38 anos. Você tem uma explicação para essa longevidade com tanto sucesso?

É ter prazer em fazer aquilo e sempre buscar uma novidade no esporte, buscar a inovação e não cair na “rotina” por mais rotina que o esporte exige. Por exemplo: buscar formas novas de se condicionar como aulas de boxe, fazer alguns training camps em locais bacanas, sempre traz motivação extra. Trabalhar com profissionais competentes e que você admira e que acrescentam na sua vida, torna o dia a dia muito agradável, o que é importante quando você já se torna mais velho, mais exigente e não quer perder tempo.

  •  Quando você começou a nadar e em que momento você percebeu que a natação seria a paixão da sua vida?

Comecei a nadar com 4 anos por causa de bronquite. Num primeiro momento Percebi que seria uma paixão quando ia para a praia e íamos nadando até uma ilha em frente, junto com meu pai e minha irmã. Era uma travessia de uns 2 kms e adorávamos. (por volta de 12 anos)

​Mas também depois que comecei a competir e viajar, vi que gostava das viagens, das pessoas e das competições para poder ir melhorando meus tempos. (por volta dos 13-14 anos)

  • ​Tentando resumir um pouco o seu currículo, quais seriam as suas principais conquistas e participações no esporte?

Vamos lá:

  1. 3 Olimpíadas (Sydney, Pequim e Londres)
  2. 5 Jogos Pan-Americanos com 4 medalhas (1 prata e 4 bronzes)
  3. 12 Campeonatos Mundiais com 5 finais
  4. 110 vezes Campeã Brasileira Absoluta
  5. 8 vezes Campeã Sul-Americana
  6. 5 medalhas nos Jogos Mundiais Militares (1 ouro e 4 pratas)
  7. Campeonato Mundial CISM – 1 ouro e 3 pratas
  8. 51 medalhas em Copas do Mundo
  9. Atual Recordista Brasileira e Sul-Americana em 7 provas
  10. Atual Recordista Mundial Militar nos 100 costas

Acho que é isso, rssss.

  • Você teve a oportunidade de participar de duas gerações vitoriosas: a primeira com Gustavo Borges, Fernando Scherer e Rogerio Romero e outra com Cesar Ciello, Tiago Pereira, Felipe França e Joana Maranhão. Sei que essa pergunta é difícil mas você tem alguma preferência entre gerações?

Acho que na primeira geração não havia ainda tanto profissionalismo no esporte. Era tudo um pouco mais amador, e eu também ainda era mais imatura. Cada geração tem seu encanto , para mim, na primeira era tudo muito novidade, ser mais novata, na segunda geração eu já era mais experiente e madura, e isso foi bem bacana. A gente aprecia mais e valoriza também mais. As duas são boas! Acho que não tenho preferencia.

  • O legado da natação masculina vem desde Djan Madruga e Ricardo Prado. Você acha que deixou um legado para gerações futuras na natação feminina e que uma medalha olímpica nesse segmento pode estar próxima?

Acho que sempre estamos influenciando, de uma maneira ou de outra. No caso de deixar um legado, fico muito orgulhosa de em Sydney eu ter sido a única mulher na delegação Brasileira da natação e 4 anos depois a gente conseguir fazer 3 finais olímpicas femininas. E as meninas compartilham que eu ajudei elas a chegar lá, então espero que tenha deixado um legado para gerações futuras e para os atletas que chegam a seleção ou aqueles que não chegam, mas que se motivaram mais no esporte e aprenderam algo com o esporte por causa do nosso exemplo.

  • Seu marido Diogo Yabe também foi um dos melhores nadadores de medley do país. Hoje vocês tem uma filha. Será inevitável seguir uma tradição na família ou você não tem essa preocupação?

A gente com certeza vai colocar a Louise para fazer natação, mas também outros esportes. Vamos ver para frente qual esporte ela vai se identificar mais! Acho que é bom seguir o ritmo natural das coisas e deixar para preocupar com isso mais para frente!

  • Um atleta profissional deixar de competir é um momento muito delicado. Como foi sua transição para a aposentadoria nas águas?

É realmente muito delicado. Mas eu fiz um ano de “destreinamento” onde competi somente pela minha cidade e não participei mais de competições nacionais. Para mim isso foi muito bom, pois foi uma parada “gradativa”. E eu também já estava estruturada profissionalmente, o que me ajudou muito a fazer a transição.

  • O que você tem feito de atividade física para manter sua saúde? Consegue ainda cair na água e realizar um treino completo ou escolheu outro esporte após tantos anos dando braçadas?

Eu adoro nadar, então sempre que eu posso, vou para a piscina e faço um treininho, mas nunca passa de 3 mil! Outro esporte ainda não estou fazendo, mas estou fazendo pilates. Queria começar o tênis, mas estou sem tempo por enquanto…

  • Você tem um nome reconhecido no Brasil e no mundo. Como você pretende continuar mantendo esse nome em prol do esporte e dos seus ideais?

A nossa marca chama – se Fabiola Molina e com esse trabalho que fazemos com a moda esportiva e moda praia, pretendo continuar levando os ideias do esporte, da excelência, da qualidade para as pessoas amantes do esporte. Também participo de um projeto na prefeitura de S. José dos Campos, onde temos 14 piscinas publicas aquecidas, e junto com o Diogo, damos clínicas, palestras e temos um contato bem próximo com essas crianças/adolescentes dessas comunidades. Além de fazer algumas palestras e participar de movimentos de liderança.

  • Deixe uma mensagem para os seguidores do @30tododia.

Fazer esporte é uma das melhores coisas do mundo ! Continuem cultivando esse hábito e sempre motivando pessoas próximas a você a fazer exercício também!!

Texto:

Professor Atleta Wagner Romão, siga no Intagram @wagner_romao

Fabiola Molina
Fabiola Molina
Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia
Professor de Educação Física – UFRJ
Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística.
Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional

Email: marcellopaiva@30tododia.com.br

Post AnteriorPróximo Artigo
Marcello Paiva
Idealizador do portal @30tododia Professor de Educação Física - UFRJ Pós graduação em Fisiologia do Exercício e Programação Neurolinguística. Coaching deTreinamento / Palestrante Motivacional Email: marcellopaiva@30tododia.com.br